Insônia

Insônia pode matar?

Que a insônia é um grande incômodo, todos sabem. Porém, será que ela pode evoluir a um ponto grave e irreversível? Descubra hoje se a insônia pode matar uma pessoa ou se isso é apenas um mito.

Ainda que seja difícil ouvir um caso de alguém que morreu por dormir pouco, não é difícil imaginar que as consequências de uma noite em claro podem ser sérias. Entenda melhor sobre esse problema e desvende se uma pessoa pode morrer de insônia.

A Insônia Familiar Fatal e suas consequências

A Insônia Familiar Fatal é um caso em que a falta de sono leva indivíduos de uma mesma família a morte devido à falta de sono. Então, a resposta é: sim, morrer de insônia é possível.

A condição é baseada em uma dificuldade de desenvolvimento da proteína chamada prião ou príon, que interfere no tálamo. A enfermidade é herdada geneticamente e é transmitida a cada geração.

Os sintomas dessa dificuldade são: insônia seguida de alucinações, ataques do pânico e perda de peso. O mal evolui a um ponto em que a pessoa permanece em privação total de sono e acaba falecendo.

Porém, não é preciso entrar em pânico. Esse problema é extremamente raro e ainda está em fase de estudos. Até o momento a Insônia Familiar Fatal só é conhecida em 40 famílias, tendo vitimado um total de 100 pessoas no mundo.

Problemas que são causados pela insônia e seus efeitos

Alguns males que são causadas pela insônia acabam tendo efeitos graves. A falta de sono pode levar à: depressão, diabetes, ansiedade, obesidade, estresse, problemas cardiovasculares etc.

Nesses quadros, ainda que a dificuldade em dormir não provoque a morte de uma pessoa, ela pode ser um agente para esse acontecimento. Logo, ao gerar condições clínicas graves, a insônia pode ser o primeiro passo para doenças fatais.

A depressão ocasionada por distúrbios do sono, por exemplo, não leva a uma morte direta. Porém, o estado depressivo, a falta de vontade de sair da cama e até mesmo de consumir alimentos pode vitimar uma pessoa.

Já os problemas cardiovasculares advindos da insônia têm um progresso muito mais rápido. Com isso, se não forem controlados e medicados podem levar um indivíduo a óbito de forma repentina.

A importância de evitar a insônia

A insônia pode matar como qualquer doença que não seja tratada da forma correta. Por isso, é essencial procurar tratamentos para a dificuldade em dormir bem. Existem diversos métodos naturais, não sendo preciso utilizar remédios controlados logo no início do problema.

Entre as opções estão: sucos, vitaminas, suplementos, chás e melhorar nos hábitos noturnos. Ou seja, a pessoa cria condições para que o sono possa ocorrer de maneira gradativa e constante. Assim, ela age evitando café, álcool, alimentos gordurosos e o uso excessivo de aparelhos eletrônicos, como televisão, tablet e computadores.

Na maior parte dos casos, a insônia pode ser revertida e o indivíduo consegue ter uma vida tranquila e produtiva. Então, busque técnicas adequadas para eliminar a insônia já nos primeiros sinais. Assim, o distúrbio não progride a ponto de tornar-se uma doença crônica.

Quer saber mais sobre a suplementação natural contra a insônia? Então, conheça o site oficial de Triptopax e veja mais sobre essa solução que tem melhorado a vida de diversas pessoas no Brasil e nos Estados Unidos.

Deixe uma resposta